A angústia

12/07/2017

Em sua etimologia, a palavra "angústia" vem do grego "ANGOR", ou, 'estreitamento'. No latim, encontramos o verbo "ANGERE", que imprime a ideia de aperto e constrição e também utiliza o prefixo 'ang' - estreitar, oprimir, apertar a garganta. A angústia é exatamente isso, uma constrição no peito e/ou na garganta que nos deixa sem ar e sem perspectiva de melhora. Uma sensação de pânico, medo ou desespero pode acompanhar e agravar a sensação, podendo gerar até uma crise de pânico. A angústia é um sintoma, revela que algo está disfuncional em nosso funcionamento e precisa ser observado e acolhido. A angústia é primitiva no desenvolvimento do ser humano e remete a primeira infância.